Pauta das 7

IMAGEM NOTICIA 1 3 1

Adolfo Menezes pode não assumir Governo da Bahia durante a viagem de Jerônimo; entenda

Foto: reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes (PSD), pode não assumir temporariamente o Governo da Bahia, no lugar de Jerônimo Rodrigues (PT), que viaja a Alemanha, no próximo sábado (11).

Na linha sucessória, o primeiro na lista a assumir o principal cargo no Executivo baiano, na ausência do titular, seria o vice-governador, Geraldo Júnior (MDB). Porém, como é pré-candidato à Prefeitura de Salvador, o emedebista está impedido pela legislação.

Na sequência, viria Adolfo Menezes (PSD). Contudo, o pessedista tem uma “questão”. A esposa dele, Denise Menezes, é pré-candidata à Prefeitura de Campo Formoso, município do norte da Bahia. A cidade é a principal base eleitoral de Adolfo, que vê uma eventual eleição da esposa como forma de vencer a “queda de braço” com o primo, o deputado federal Elmar Nascimento (União-BA), adversário político.

Caso ele assuma temporariamente o Palácio de Ondina, deixaria a esposa sem condições de concorrer ao pleito em outubro deste ano. Do contrário, a tarefa de ser a governadora em exercício caberia a atual presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargadora Cynthia Resende.

Desta forma, ela seria a primeira mulher na história a assumir o Governo da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *