Pauta das 7

Daniel Alves dá nova versão contra acusação de estupro na Espanha

Foto: reprodução

Em sua quinta tentativa de pedido de absolvição, o baiano Daniel Alves apresentou, através de sua defesa, um novo elemento junto à Justiça da Espanha.

Segundo os jornais La Vanguardia e El Periódico, Daniel vai alegar que estaria embriagado na madrugada do dia 30 de dezembro, quando foi acusado de estupro por uma jovem de 23 anos, em Barcelona. A nova versão seria uma tentativa de atenuação da pena por embriaguez.

Na defesa, a advogada Inés Guardiola defende que o acusado “não tinha plena consciência do que fez”, segundo relato da imprensa catalã.

Essa é a quinta versão diferente apresentada por Daniel Alves. O Ministério Público rejeita todas e pede nove anos de prisão ao jogador. A defesa da vítima negou acordo e requereu 12 anos de detenção ao brasileiro.

A Justiça impôs a Daniel Alves o pagamento de € 150 mil (R$ 783 mil) à vítima caso seja condenado, a título de danos morais e psicológicos. O julgamento deve ocorrer entre os dias 5 e 7 de fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *