Pauta das 7

DPT não identifica violência sexual contra bebê morta na Ilha de Itaparica

Foto: reprodução

O Departamento de Polícia Técnica da Bahia não identificou ocorrência de violência sexual praticada contra a bebê de dois meses, identificada como Lara Heloisa Pena da Conceição, na Ilha de Itaparica, Região Metropolitana de Salvador. A informação é da Polícia Civil da Bahia.

Inicialmente, os pais da criança foram apontados pela PC como suspeitos de um suposto abuso sexual, baseado em relatório médico, emitido pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Vera Cruz, onde a bebê deu entrada  sem sinais vitais. Em seguida, o DPT constatou que não havia indícios da violência.

Em nota, a PC informou que a 19ª Delegacia Territorial (DT/ Itaparica) segue com as investigações sobre a morte da bebê, socorrida para UPA de Vera Cruz, na terça-feira (2). Os familiares da menina foram ouvidos e outras diligências investigativas para esclarecer as circunstâncias da morte da criança estão sendo realizadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *