Pauta das 7

Esposa de líder do CV é recebida no Ministério da Justiça

Foto: reprodução

Uma mulher apontada como esposa de um líder da facção Comando Vermelho (CV) foi recebida pelos assessores do ministro da justiça, Flávio Dino, dentro do prédio do ministério por duas vezes neste ano de 2023.

A mulher, que é conhecida como “dama do tráfico amazonense”, se chama Luciane Barbosa Farias e participou de audiências com dois secretários e dois diretores de Dino em um período de três meses. O nome de Luciane, contudo, não consta nas agendas oficiais.

Em 19 de março, a mulher estava com Elias Vaz, secretário Nacional de Assusntos Legislativos do ministro Flávio Dino. Em 2 de maio, Luciane se encontrou com Rafael Velas Brandani, titular da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen).

Segundo o jornal Estadão, o Ministério da Justiça admitiu que a mulher foi recebida por secretários de Flávio Dino, porém, afirmam que ela integrou uma comitiva e que não era possível o setor de inteligência detectar previamente a presença dela.

A “dama do tráfico amazonense” é casada há 11 anos com Clemilson dos Santos Farias, conhecido como “Tio Patinhas”, que já foi considerado o criminoso número 1 na lista de procurados pela polícia do Amazonas, até ser preso em dezembro do ano passado.

Os dois foram condenados em segunda instância por associação para o tráfico e organização criminosa, além de lavagem de dinheiro. Luciane recorre em liberdade e foi senteciada a dez anos, já Clemilson cumpre 31 anos de prisão.

No mês de maio, Luciane entrou no Ministério da Justiça como presidente da Associação Instituto Liberdade do Amazonas (ILA). Na teoria, é uma espécie de ONG em prol da defesa dos direitos dos presos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *