Pauta das 7

Estudantes de medicina simulam masturbação durante jogo de vôlei feminino em São Paulo

Foto: reprodução/redes sociais

Alunos do curso de medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa), em São Paulo, foram expulsos da Intermed competição esportiva entre universidades do curso, após simularem masturbação coletiva durante uma partida de vôlei feminino. O episódio aconteceu nesse sábado (16).

As imagens que circulam nas redes sociais, mostram mais de 20 homens correndo na quadra com calças abaixadas, encenando uma “Volta Olímpica”, enquanto tocam suas partes íntimas. Em outra gravação, é possível ver a presença dos estudantes em uma plateia assistindo ao jogo feminino e simulando masturbação.

Conforme reportagem do portal Uol, publicada em 2022, a prática tornou-se uma “tradição” realizada pelos internos. Entretanto, a ação do grupo de estudantes pode ser enquadrada no art. 215 do Código Penal, como crime de importunação sexual, com pena de 1 a 5 anos de reclusão. 

Em mensagens em grupos de WhatsApp captadas pela reportagem mostravam que os calouros recebiam uma lista com os eventos que seriam realizados na universidade ao longo do período, como torneios e campeonatos. “A tradição dos bixos (calouros) homens na abertura é correr pelado na quadra com as outras faculdades”. 

Nas redes sociais, a deputada estadual Marina do MST (PT-RJ) mostrou indignação com a atitude dos estudantes e questionou: “São essas mesmas figuras que cuidarão da nossa sociedade quando formados médicos?”, disse.

Foto: reprodução/redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *