Pauta das 7

Funcionários de lotérica investigados por fraude no Bolsa Família

Foto: reprodução/PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (6), a “Operação Códigos Ilícitos”, que investiga a obtenção fraudulenta de benefícios sociais, como o Bolsa Família. A ação aconteceu na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, em uma lotérica.

As investigações começaram no final de 2022, quando o auxílio ainda era chamado de Auxílio Brasil. O esquema funcionava assim: com a ajuda dos funcionários da própria lotérica, os investigados realizavam a ativação indevida do benefício no aplicativo CAIXA TEM e a quantia era sacada pelos criminosos do grupo.

Para não levantar suspeitas, o grupo retirava o dinheiro por meio do saque emergencial, através dos códigos (Token) saques, ou seja, sem a utilização de cartão.

Três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Ilhéus, com o objetivo de coletar mais elementos e identificar outros integrantes do grupo. O crime é investigado é o de peculato furto, previsto no artigo 312, do Código Penal, com pena de até 12 anos de prisão e multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *