Pauta das 7

Integrantes de facção morrem em confronto com PM em Camaçari

Foto: reprodução/SSP

A noite dessa sexta-feira (28) foi marcada por um intenso tiroteio que assustou os moradores de Jauá, na costa de Camaçari. Durante uma operação policial no local, sete pessoas, ligadas a uma facção criminosa, acabaram morrendo.

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), o local seria palco de uma “guerra” entre grupos rivais do tráfico de drogas, que disputam o poder na região. Por isso, um grupo formado por equipes do Bope, da Cipe Polo Industrial, Rondesp RMS e do Tático Ostensivo Rodoviário foram até o local para fechar o cerco e impedir que isso acontecesse.

No entanto, agentes perceberam movimentações estranhas vindas de um grupo de 15 homens, que pareciam ser parte de um grupo criminoso. Ao tentar realizar uma vistoria, os policiais sofreram um ataque a tiros e logo revidaram.

Os criminosos tentaram fugir para zona de mata enquanto continuavam atirando. Após o fim do confronto, PMs encontraram sete deles baleados. Logo foram levados para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, mas já chegaram sem vida.

Com eles foram apreendidos uma submetralhadora e duas pistolas calibre 9mm, duas pistolas calibre 40, um revólver calibre 38, carregadores, munições, uma grande quantidade de drogas (maconha, cocaína e crack) e 761 reais.

De acordo com informações iniciais, esse grupo seria ligado ao traficante conhecido como “Fofão”, preso em São Paulo no mês de junho. A polícia ainda está a procura dos outros envolvidos no confronto que conseguiram fugir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *