Pauta das 7

images (2)

Nova empresa passa a operar linhas metropolitanas nesta quarta (1º)

Foto: reprodução

A partir desta quarta-feira (1º), empresa Costa Verde não irá mais realizar o transporte de passageiros para Salvador e Lauro de Freitas. Diante disso, uma nova empresa irá assumir a operaçõ das linhas.

Segundo a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia (Agerba), responsável pela administração do transporte metropolitano, a empresa Expresso Luxo Vitória Ltda. irá operar as linhas anteriormente administradas pela Costa Verde, em caráter de excepcionalidade. As linhas são:

  • Nº 841.URB – Vilas do Atlântico – Campo Grande, Via Orla Marítima
  • Nº 846.URB – Lauro de Freitas – Vale dos Barris, Via Av. Centenário
  • Nº 8601.URB – Portão – Piatã via Itapuã

Os motoristas dos ônibus metropolitanos que rodavam pela empresa Costa Verde começaram a cumprir aviso prévio no último dia 10 de abril. Em reunião com o Sindicato dos trabalhadores de Transporte Metropolitano (Sindimetro), ocorrida no dia 5 de abril, a empresa anunciou que não prestaria mais os serviços, após 26 anos de operação.

A empresa Avanço Transportes, responsável pela operação do transporte que atendem as cidades de Madre de Deus, Candeias, Camaçari e Lauro de Freitas, também anunciou a suspensão das linhas. Não há detalhes sobre como ficará o funcionamento das linhas pelas quais a empresa é responsável.

As empresas justificaram que as dificuldades financeiras, a concorrência com o transporte clandestino, o alto custo com pedágio e peças para manutenção de veículos motivaram a decisão de parar os serviços.

Por meio de nota, a Agerba explicou que o transporte, que será realizado provisoriamente pela empresa Expresso Luxo Vitória Ltda., acontecerá nos mesmo moldes até então realizados.

“Informamos que a operação será nos mesmos moldes até então realizados, com idênticos itinerários e horários, de modo que os usuários não terão prejuízo na prestação do serviço público. A AGERBA reitera seu compromisso com a melhor prestação do serviço e está, junto ao Governo do Estado e Ministério Público Estadual adotando todas as medidas necessárias à melhoria do serviço”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *