Pauta das 7

Número de casos de assédio contra mulheres cresce na Bahia em 2023

Foto: reprodução

Sete em cada 10 mulheres brasileiras já relataram ter passado por algum tipo de violência ou assédio em deslocamento na Bahia, seja em ônibus, ou caminhando pelas ruas, por exemplo. No estado, o número de casos por importunação sexual saltou de 414 em 2022 para 438 neste ano. Os dados são do Instituto Patrícia Galvão e Locomotiva, com apoio da Uber.

Segundo o estudo, 97% das mulheres que vivem no Brasil relataram ter medo de sofrer algum tipo de violência ao sair de suas casas. Dentre os assédios, as cantadas e encaradas somam 60% das queixas, sequestro relâmpago foi comentado por 32% das entrevistadas, importunação sexual por 27%, discriminação por 17% e passaram por agressão física, 12% delas. Somado a isso, 7% das mulheres relaram a situação de estupro.

Neste ano, as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM) passaram a investigar também esses casos. Para denunciar, deve-se ligar para 190, ou 181. Outra alternativa é comparecer até uma das delegacias especializadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *