Pauta das 7

‘Pablo Escobar’ da Valéria morto em operação policial

Foto: reprodução

Dois homens, apontados pela polícia como integrantes de uma facção criminosa, foram mortos, na manhã desta segunda-feira (4), durante a ‘Operação Responsio’, deflagrada no bairro de Valéria, em Salvador.

Um dos alvos foi localizado em uma mata, próximo a Estrada do Derba. Pablo Ricardo de Assis Gomes Oliveira, o ‘Pablo Escobar’ entrou em confronto com policiais e acabou atingido. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O suspeito possuía dois mandados de prisão em aberto, por tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. ‘Pablo Escobar’ de Valéria integrava o Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), e, segundo a polícia, também era conhecido por oprimir e ameaçar moradores do bairro.

Além de Escobar, Carlos Alessandro Santana Santos, o “Cachinho”, também foi morto em confronto com a polícia. Ele fazia parte do mesmo grupo criminoso, e tinha mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas, associação para o tráfico e por integrar organização criminosa. De acordo com a polícia, ele morreu no local.

A operação segue para localizar outros integrantes da facção. No mesmo local, em setembro de 2023, os traficantes procurados na operação entraram em um confronto, que resultou na morte do policial federal Lucas Caribé. Na ocasião, traficantes do BDM tentavam recuperar o domínio do tráfico de drogas no bairro.

A operação já desarticulou três acampamentos de entorpecentes, com apreensão de cerca de 150 kg de maconha. Também foram apreendidas seis granadas, rádios comunicadores, balanças de precisão e porções fracionadas de maconha, cocaína, crack, munições, além de sete aparelhos celulares. Um homem foi preso em posse das granadas e parte das drogas.

Participam da Operação Responsio os Departamentos de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (Draco), de Inteligência Policial (DIP), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), a Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SI-SSP), a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco), o Grupo de Pronta Intervenção da Polícia Federal (GPI-PF) e o Grupamento Aéreo da Polícia Militar (GRAER-PM).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *