Pauta das 7

Pastor Isidório comete transfobia durante votação de PL contra casamento homoafetivo; veja

Foto: reprodução

Pré-candidato a prefeito de Salvador, o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante) protagonizou um momento polêmico durante a sessão da Comissão de Previdência, Assistência Social, Adolescência e Família da Câmara, ocorrida nessa terça-feira (19). O parlamentar proferiu ataques transfóbicos direcionados à deputada Erika Hilton (PSB-SP), se recusando a utilizar o pronome feminino e se referindo a ela como “amigo”.

Isidório afirmou, em seu discurso perante o colegiado, que “homem nasce com binga, portanto, com pinto, com pênis. Mulher nasce com cocota, tcheca, sua vagina. Mesmo com direito à fantasia, homem, mesmo cortando a binga, não vai ser mulher”.

Durante suas palavras, o deputado recebeu aplausos de alguns dos presentes na sessão e, ao mesmo tempo, diversas críticas. A deputada Erika Hilton reagiu às declarações do deputado baiano, classificando-as como “absurdas”. Em resposta, Isidório argumentou que “a Bíblia não é um absurdo”.

O clima tenso da discussão resultou em tumulto, levando à suspensão temporária da sessão. Ao retornarem aos trabalhos, os deputados concordaram em adiar a votação do projeto de lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo gênero sexual para a próxima semana.

Vídeo: reprodução/Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *