Pauta das 7

Motorista suspeito de atropelar PMs durante fuga e0031855100202405070704 7

PM se manifesta após suspeito de atropelar policiais ser solto

Foto: reprodução

A Polícia Militar se posicionou após a Justiça conceder liberdade provisória ao homem acusado de atropelar dois agentes, na última segunda-feira (8), na Joana Angélica, em Salvador. Ele passou por audiência de custódia e deve cumprir algumas exigências do judiciário.

Após atropelar os policiais, o homem, identificado como Mário Oliveira Gomes, de 21 anos, fugiu. Ele foi localizado cerca de 8h depois, na Barra, com uma farta quantidade de drogas.

O suspeito, segundo a PM, já havia atentado contra a vida de policiais militares em março do ano passado, quando atirou contra PMs durante a fuga de uma abordagem.

Em nota, a corporação afirmou que esperava que o homem fosse responsabilizado, haja vista a reincidência no crime. “Tratando-se de uma reincidência, a instituição ansiava que o ato criminoso fosse responsabilizado. A PMBA refuta a impunidade e ressalta a importância da penalização como resultado de um esforço diário da tropa pelo cumprimento da lei em prol da sociedade”, declarou a PM.

Confira a nota da PM na íntegra:

“A Polícia Militar da Bahia lamenta veementemente a concessão de liberdade provisória ao homem que atentou, se utilizando de um veículo, contra a vida de três policiais militares e causou danos ao patrimônio público e privado, na Avenida Joana Angélica, na manhã de segunda-feira (6). Tratando-se de uma reincidência, a instituição ansiava que o ato criminoso fosse responsabilizado. A PMBA refuta a impunidade e ressalta a importância da penalização como resultado de um esforço diário da tropa pelo cumprimento da lei em prol da sociedade.

O condutor do veículo foi preso por uma guarnição do Batalhão de Prevenção a Furtos e Roubos de Veículos (BPFRV)/Apolo, por volta das 19h de segunda-feira (6), na Rua Presidente Kennedy, na Barra. Com ele foram encontradas 400 pedras de crack, 98 pinos de cocaína, três celulares e dinheiro em espécie. O indivíduo já havia atentado contra a vida de policiais militares em março do ano passado, quando atirou contra pms durante a fuga de uma abordagem.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *