Pauta das 7

Polícia Federal investiga invasão hacker no perfil de Janja em rede social

Foto: reprodução

A Polícia Federal iniciou investigações para descobrir a origem do ataque hacker no perfil da primeira-dama Janja Lula da Silva, esposa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A conta possui mais de 1 milhão de seguidores.

O perfil do X (antigo Twitter) dela foi invadido por volta das 21h40 dessa segunda-feira (11). As publicações do hacker incluíram ofensas contra Lula, além de citações a Neymar e Alexandre de Moraes.

De acordo com a PF, a conta foi bloqueada para novas publicações e a Diretoria de Crimes Cibernéticos irá aprofundar as investigações além de instaurar inquérito policial.

A Advocacia-Geral da União (AGU) enviou uma notificação extrajudicial para a plataforma a fim de que os responsáveis pelo ataque hacker sejam identificados.

Mais posicionamentos

Por meio de nota, o Planalto disse repudiar o ataque hacker além de afirmar que “todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas. Não serão tolerados crimes, discursos misóginos, o ódio e a intolerância nas redes sociais.”

Paulo Pimenta, ministro da Comunicação Social, categorizou os hackers como “canalhas criminosos” e disse que “os covardes que compartilham e comentam destilando seu ódio, preconceito e violência tb serão identificados.” A publicação foi compartilhada pelo presidente.

Hacker divulgou nota

Por volta das 22h, o hacker chegou a publicar um vídeo com uma espécie de comunicado no perfil de Janja, onde disse estar ciente que a PF estava investigando.

“Eu quero avisar que estou ciente que a PF está investigando isso daqui. Eu não estou nem aí, eu sei que vai dar alguma coisa, talvez dê, talvez não dê, depende do sistema judiciário desse país, que é quebrado, por sinal.”

O hacker ainda disse acreditar que não será preso e voltou a ofender o presidente Lula. A publicação, assim como outras, foram excluídas permanentemente da plataforma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *