Pauta das 7

IMAGEM NOTICIA 1 22

São João na Bahia registra 66 casos de queimaduras por fogos e fogueiras

Foto: reprodução

De quinta (20) até às 7h desta terça-feira (25), foram registrados 66 casos de queimaduras relacionados aos fogos de artifício e fogueiras de São João na Bahia. O número leva em consideração os atendimentos nas unidades hospitalares da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que contam com leitos de referências para vítimas de acidentes que causam queimaduras.

O balanço da Sesab aponta uma redução no número de atendimentos a vítimas de queimaduras no São João de 2024 nas unidades estaduais de referência, comparado aos dados do ano passado. 66 ocorrências foram registradas este ano, contra 71 em 2023, um decréscimo de 7%.

No Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, o número de atendimentos foi exatamente o mesmo nos dois anos: 47. Destes, 32 foram por explosões de bombas e 15 por queimaduras diversas. Aproximadamente metade dos pacientes foi oriunda do interior do estado. O número preocupante é que, dos 47 pacientes, 21 eram menores de 13 anos. No entanto, não houve registros de pacientes graves.

“São duas notícias boas e uma que nos preocupa. Houve uma redução no número de atendimentos e não tivemos pacientes graves. Isso é muito bom, demonstra um maior cuidado das pessoas com fogos de artifícios e fogueiras. No entanto, as crianças estão sofrendo com queimaduras e a gente pede aos pais e responsáveis que reflitam melhor sobre essa exposição delas no São João”, avalia a secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana.

No interior do Estado, o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), no Recôncavo, recebeu a maior parte dos pacientes e também teve uma boa redução de atendimentos. Em 2024, foram 13 ocorrências, cinco a menos que no ano passado. Quatro pacientes eram moradores de SAJ e os outros nove dos municípios de Muritiba, Governador Mangabeira, Cruz das Almas e Lauro de Freitas.

No Hospital do Oeste (HO), em Barreiras, e no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), houve apenas dois atendimentos em cada, contra três, em cada, em 2023. Os dois atendimentos registrados no HRJ foram por queimaduras por pólvora sendo um paciente de Juazeiro e outro de Senhor do Bonfim. Os dois atendimentos registrados no HO foram um por queimaduras por pólvora e o outro por explosão de bomba, sendo um paciente de Barreiras e outro de Canápolis.

Já o Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, em Irecê, que não registrou atendimentos em 2023, teve duas ocorrências neste ano, ambas por queimaduras, sendo um paciente de Irecê e outro de Várzea da Roça.

Esquema especial para o São João

Todas as unidades montaram um esquema especial para o São João. Elas contaramn com reforços nos plantões para atender à demanda durante este período. Essa iniciativa faz parte das ações preparadas pela Sesab para a época junina, cujo investimento total é de R$ 4,5 milhões.

O esquema especial da Sesab para o São João também contemplou a montagem de postos de atendimento de saúde no Parque de Exposições, no Pelourinho e em Paripe, locais onde ocorreram as festas promovidas pelo Governo do Estado. Estas unidades registraram, do dia 21 até o momento, 293 entradas. As principais causas foram cefaleia e intoxicação alcoólica. Apenas 13 pessoas necessitaram de transferência para outras unidades de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *