Pauta das 7

onibus 2 960x500 1

Sindicato dos Rodoviários será multado em R$ 20 mil em caso de novas paralizações; entenda

Foto: reprodução

Após a Prefeitura de Salvador entrar com um pedido na Justiça do Trabalho para impedir novas ações do Sindicato dos Rodoviários, o órgão determinou, nesta terça-feira (30), que a entidade seja multada em R$ 20 mil por dia, para novos atos de paralisação de atividades semelhantes aos que ocorreram nesta segunda (29), na Estação da Lapa, quando os ônibus ficaram proibidos de entrar no terminal.

Na ação, a prefeitura argumentava que o direito de greve dos trabalhadores não se sobrepõe ao direito de locomoção dos cidadãos. A prefeitura também alegava que as garagens das empresas de ônibus são propriedades privadas e que o sindicato dos rodoviários não tem legitimidade para impedi-las de funcionar.

De acordo com a decisão do juiz do trabalho Murilo Carvalho Sampaio Oliveira, apesar do direito de greve ser garantido na Constituição, “o direito de manifestação ou o direito de greve não permite a ocupação de equipamentos públicos, como é o caso das estações de passageiros” e que, dessa maneira, “os rodoviários não podem ocupar tais bens públicos ou dificultar o acesso a estes, o que atingiria indevidamente os cidadãos no seu direito de locomoção e até os demais trabalhadores de outros modais de transporte”.

A decisão, porém, negou outro pedido feito por parte da Prefeitura, que queria impedir ocorrências de atrasos na saída dos ônibus em garagens, como aconteceu nesta terça (30). O juiz afirmou no documento que a Prefeitura não possui “legitimidade processual para discutir sobre a posse ou mesmo sobre os efeitos da mobilização de trabalhadores em garagens das concessionárias do Sistema de Transporte Coletivo de Passageiros por Ônibus, pois aquelas instalações são de propriedade de empresas privadas”.

A sentença define, ainda, que a multa diária de R$ 20 mil é limitada até o valor de R$ 200 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *