Pauta das 7

Vitória vence primeiro BAXVI do ano

Foto: Victor Ferreira / EC Vitória

Time foi melhor em campo e mereceu a Vitória

Um clássico de encher os olhos. Esse foi o primeiro BaVi do ano, disputado no Barradão, neste domingo (18), válido pela sétima rodada do Campeonato Baiano. Apoiado por mais de 30 mil torcedores, o Rubro-Negro venceu o tricolor por 3 a 2, ampliando a invencibilidade no Manoel Barradas.

O jogo teve duas viradas e muitas chances de ambas equipes. Osvaldo abriu o marcador logo aos 5 minutos. O Bahia virou com Thaciano e Everton Ribeiro. Na segunda etapa, o vitória foi soberano e aproveitou a vantagem numérica dento de campo, após a expulsão de Rezende, para virar com Osvaldo, marcando seu segundo gol no jogo, e Alerrandro.

Com o resultado o Vitória subiu para a terceira colocação, com 13 pontos. Com a mesma pontuação, o Bahia caiu para a segunda colocação. A liderança da competição agora está com a Juazeirense, com 14 pontos.

O Vitória agora se prepara para enfrentar o Náutico, na quarta-feira, às 19h, no Barradão, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. Já o Bahia visita o Moto Club, também na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O Jogo

Um primeiro tempo equilibrado. Vitória e Bahia tiveram 50% de posse de bola e buscaram o gol a todo o custo.

Empurrado pela torcida, o Rubro-Negro abriu o marcador logo aos cinco minutos com Osvaldo. O Atacante recebeu a bola dento da área e bateu com força, contando com a falha do goleiro Adriel.

O Tricolor na se intimidou e tentou o empate em cobrança de falta com Luciano Juba, acertando o travessão do goleiro Muriel.

Aos 15, Everaldo deu uma bela assistência para Thaciano entrar sozinho na área e tocar por cia do goleiro do vitória e empatar a partida.

Ambas as equipes seguiam buscando o segundo gol. De um lado Osvaldo, bastante acionado, perdeu uma bela chance. Do outro, o Bahia cadenciava no meio campo, tentando encontrar os espaços.

Até que, aos 41 minutos, Luciano Juba cruzou com preciosismo para Everton Ribeiro, de cabeça, garantir a virada para o Tricolor.

Na volta para o tempo final, os donos da casa partiram para cima do rival.

Aos oito minutos, Osvaldo perdeu uma chance claríssima do empate.  Matheus Gonçalves cruzou rasteiro e o atacante, sozinho, pegou embaixo da bola.

O Vitória seguia pressionando e criou boas chances com Matheusinho e Alerrandro.

Recuado, o Tricolor desperdiçou um contra-ataque com Gilberto, bloqueado pela defesa.

Enquanto o Vitória cercava, o Bahia ficava assistindo. Aos 26 minutos, Rezende, que tinha entrado no segundo tempo, recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Tricolor com um a menos.

Aos 30 minutos o empate. Matheus Gonçalves cortou Gilberto e deu uma bela assistência para Osvaldo, mais uma vez ele, empatar a partida. 2 a 2.

Melhor em campo, Matheus Gonçalves seguia abrindo opção de ataque para o Vitória, mas a defesa do Bahia tirava.

Rodrigo Andrade tentou o terceiro gol, mas Adriel fez uma ela defesa.

De tanto insistir, o terceiro gol do vitória saiu em cobrança de escanteio. Matheusinho cobrou na primeira trave e Alerrandro se antecipou para mais uma falha do goleiro Adriel. É a virada do Leão no Barradão!

Aos 42, Diego Pombo Lopez foi enganado pelo movimento do jogador Rodrigo Andrade e expulsou o meia Jean Lucas, incorretamente.

Com dois a mais, o Vitória segurou o placar e comemorou a quebra de tabu de três anos sem vencer o rival.

FICHA TÉCNICA

Vitória 3×2 Bahia

Campeonato Baiano – 7ª rodada

Local: Barradão

Data: 18/02/2024 (domingo)

Horário: 16h 

Árbitro: Diego Pombo Lopez 

Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Luanderson Lima dos Santos

Cartões amarelos: Osvaldo, Camutanga, Dudu, Léo Condé, Wagner Leonardo, Rodrigo Andrade (Vitória) / David Duarte, Rezende (Bahia)

Cartões vermelhos: Rezende, Jean Lucas (Bahia)

Gols: Osvaldo, duas vezes, Alerrandro (Vitória) / Thaciano, Everton Ribeiro (Bahia)

Vitória: Muriel; Zeca, Camutanga, Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Willian Oliveira (Rodrigo Andrade), Dudu (Zé Hugo) e Matheusinho (Caio Vinícius); Osvaldo, Iury Castilho (Mateus Gonçalves) e Alerrandro (Danniel Júnior). Técnico: Léo Condé.

Bahia: Adriel; Gilberto, Kanu, David Duarte e Luciano Juba; Caio Alexandre (Ademir) (Gabriel Xavier), Jean Lucas, Thaciano (Rezende), Cauly (Cicinho) e Everton Ribeiro (Yago Felipe); Everaldo. Técnico: Rogério Ceni.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *